• Poder do Clique

Cuidar de si também é cuidar dos outros: lição pessoal

Quem tende a ajudar muito mais os outros até do que a si mesmo, sabe do que estamos falando.


Em alguns momentos - para não dizer vários -, nos encontramos apoiando e estando do lado do próximo e acabamos esquecendo da nossa própria vida: o que, dependendo da situação, pode ser bem ruim.


Já de início, é bom destacar: nossa intenção não é falar aqui que 'estar lá pelo próximo' é algo necessariamente prejudicial a si. Não!


O que queremos transmitir é que temos de encontrar um equilíbrio nisso também.



Qual o costume de 'quem está sempre lá pelo outro'?



Para quem não se identifica com as características desse tipo de pessoa, ou, pelo menos, tem dificuldade em entender, vamos explicar um pouco melhor.


Então...


Nós, como gente que cuida demais do próximo, temos o hábito de sempre olhar o que o outro está precisando para poder auxiliar o quanto for possível - às vezes, até mais do que é possível.


Para você que não é assim, é bem capaz também de que você acabe sendo muitas vezes ajudado por essas pessoas.





Geralmente, o indivíduo que constantemente está disposto a ajudar o outro, tem dificuldade em dizer "não" para quem pede a tal ajuda.


Isso, mesmo em situações em que a cooperação pode ser de difícil execução, o que pode prejudicar bem a pessoa que está ajudando em questão de tempo e energia, por exemplo.


Se já cansamos em grande parte das nossas próprias tarefas, imagine em momentos que acabamos pegando demais as dos outros.


Assim, o ser humano que contribui demais nesse sentido, é aquele que habitualmente anda ocupado, cheio de atividades para fazer e compromissos, vida muito corrida, dificilmente parando para descansar em algum momento.


E aí...? Já identificou alguém no seu círculo social que é muito assim?


Pois é... Muitas vezes, essas pessoas acabam precisando bastante de palavras de apoio de outras, porque, com o ritmo de rotina que levam, não conseguem se cuidar e se 'apoiar' o suficiente em boa parte.


Tendo entendido melhor a personalidade de quem costuma ser dessa forma, passemos para o passo seguinte.



Por que devemos maneirar em cuidar dos outros e cuidar mais de nós?



Independentemente de qual seja a sua característica, cuidar de nós mesmos é extremamente importante, não é algo que podemos deixar de lado, mesmo que seja por 'pouco tempo'.


Pelo contrário, esse é um hábito que precisa ser relativamente frequente, para que estejamos dispostos e com energia o suficiente para encarar cada dia, cada atividade, cada compromisso e afins.


Isso tudo porque, quando passamos tempo demais socorrendo as pessoas que não a gente, pode nos afetar além da conta, de modo que nem conseguimos perceber sinais antes que algo pior aconteça, infelizmente.


Fazer as atividades de outros além das nossas, principalmente, por muito tempo nos consome de uma forma bastante prejudicial.


Isso acarreta uma série de fatores, como:


  • Falta de saúde mental.

  • Falta de equilíbrio emocional.

  • Falta de bem-estar físico.

  • Falta de um bom estado de espírito.





E a gente precisa demais de tudo isso para conseguir cumprir com o nosso dia a dia.


De outra forma, não faremos com qualidade o que deveríamos fazer bem feito.


Outro exemplo disso, é que não conseguiremos nos relacionar bem com qualquer pessoa, sejam as que mais gostamos ou as que gostamos menos.


Adicionamos isso para você que essa realidade, que deve ser mudada, não afeta somente as atividades que praticamos, mas, sim, as pessoas que estão à nossa volta.


Apesar de estarmos ajudando alguém ou mais de um, podemos muito bem também estar diminuindo a qualidade dos nossos relacionamentos.


E temos certeza que nenhum de nós quer isso.



Situação oposta ('me cuido demais')



Assim como há o caso mencionado e discutido aqui durante quase todo artigo, há também o cenário de quem se cuida bastante, mas pouco do próximo.


E isso também não é saudável e, muito menos, está 'tudo bem'.


Um mundo sem enxergar e ajudar o próximo é um mundo pior.


Se você parar para analisar também, é muito difícil crescermos sem qualquer ajuda de outras pessoas.


De um jeito ou de outro, temos de equilibrar as coisas.


Se já possuímos autoconfiança o suficiente e estamos muito bem de saúde física, espiritual, mental e financeira, a hora agora é de pensar no próximo.


Ajudar não só quem está à nossa volta, bem como todos que forem possível, a crescer e, assim, formarmos uma sociedade mais esclarecida, bem informada e melhor como um todo.


Então, se você olha apenas para o seu próprio umbigo, passou da hora de ir buscar e entender melhor o outro, aquele que é diferente de você, seja em um ou em vários aspectos.


Olhar demais apenas para si também afasta muitas pessoas de você, inclusive aquelas de quem você gosta tanto.


Fique de olho, pense no próximo e vamos estimular cada vez mais um mundo mais rico de alma e espírito.



Dicas de como cuidar mais de mim mesmo



Tá bom, parece que estamos mais do que convencidos de cuidar de nós mesmos em equilíbrio com o cuidar do outro, mas como conseguimos tomar mais conta da gente, não é mesmo?


Se você já acompanha o Poder do Clique há um bom tempo, provavelmente tem uma ideia de algumas sugestões que deixaremos aqui.





Vamos lá...


Para podermos passar mais tempo cuidando de nós, é importante que realizemos algumas dessas atividades, pelo menos:


  • Meditar.

  • Ouvir música.

  • Organizar nossa rotina.

  • Preencher nosso dia a dia com hábitos como a leitura.

  • Praticar algum hobby que goste com frequência.


Na internet, há várias opções de aplicativo e contas que transmitem mensagens de apoio desse tipo, como:


  • @espiritualidadequantica (Instagram).

  • 5 Minutos (aplicativo).

  • Autoconsciente (podcast).

  • Seja Uma Pessoa Melhor (YouTube).

  • Nós (Poder do Clique)! ;-)


#PoderdoClique #DesenvolvimentoPessoal #Cuidese

4 visualizações

                                                        © 2020 por Poder do Clique.

ACOMPANHE-NOS NAS MÍDIAS SOCIAIS

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram